Nossa história… agora no Canadá

“Eu queria iniciar uma experiência e não apenas ser vítima de uma experiência não autorizada por mim, apenas acontecida. Daí minha invenção de um personagem. Também quero quebrar, além do enigma do personagem, o enigma das coisas.” Clarice Lispector

Maratona X Porcesso de Imigração para o Canadá

Estive analisando e percebi que esse processo de imigração para o Canadá é como correr uma maratona. No começo, é difícil porque se sabe que tem muito ainda para correr, mas se tem toda a energia. Na metade, a energia já vai ficando fraca, mas o que anima é que já foi corrido metade, e o que desanima é que ainda falta metade para correr. No finalzinho, falta muito pouco, mas a energia praticamente já foi embora, já foi percorrido quase todo o percurso, mas a sede e fome que é sentido, faz com que se queira desistir, e esse é o momento em que tem-se que usar a cabeça. Enfiar na cabeça a cada minuto, que já foi corrido muito, e que logo a linha de chegada vai aparecer, afinal ela está lá, ela não se move. Numa maratona todos dizem que os primeiros 30 quilometos são feitos com treinamento e preparo físico, mas os últimos 12,195 quilometos são feitos com a cabeça, tem que estar focado e decidido a terminar.
Eu já fiz duas maratonas de São Paulo, completei as duas, mas somente entendi o que é fazer uma maratona quando entrei no processo de imigração para o Canadá.
Anúncios

julho 27, 2009 - Posted by | Maratona X Imigração

7 Comentários »

  1. nossa meu amor, realmente você disse tudo agora. Temos que focar no que já conquistamos os 30 km 🙂 o restinho vai ser em cima de muita concentração 🙂 te amo

    Comentário por Fabiane Camargo | julho 27, 2009 | Responder

  2. excelente analogia!
    😀
    e bom saber que são corredores. eu tento correr e por enquanto só participo em provas de 5km. mas tou achando que esse processo dá um banho nas maratonas, porque tem o fator "espera passiva", em que nada pode ser feito por nós pra agilizar…

    []s
    p

    Comentário por P | julho 28, 2009 | Responder

  3. Nossa… realmente!! Adorei a comparação.

    C toda razão… eu que nem passei da entrevista às vezes já me sinto cansada… hehehheh

    Quero ver mais adiante…

    Força aí pessoas! Abs!

    Comentário por Bea | julho 28, 2009 | Responder

  4. hahahahaha

    Muito bacana essa analogia, principalmente, por vc já ter participado de maratonas… dei muita risada…hahaha

    Mas calma, um dia a maratona acaba…

    Bjos

    Rosi

    Comentário por Temperatura Máxima no Canadá | julho 28, 2009 | Responder

  5. Oi meus queridos companheiros de jornada…
    A história da maratona é boa mesmo… adorei… rs
    Ah, vcs me perguntaram se a pessoa que recebeu o pedido dos exames na sexta tem bolg, mas acho que não… converso com ela por intermédio de um grupo do Yahoo. Sorry…
    Bjs 🙂

    Comentário por Antonio e Paty | julho 28, 2009 | Responder

  6. Oi Fabiane! Em sua homenagem fiz uma nova postagem rsrsrs

    Quanto ao processo federal, fiquem tranquilos, logos vcs serão chamados para fazer os exames médicos, pelo que vi já estão chamando quem enviou em março 🙂

    Bjs
    Fernanda

    Comentário por Fernanda | julho 29, 2009 | Responder

  7. Fabiane, espero que não seja isso mesmo. Assim não têm como se planejar né? Sem o feedback deles fica tudo mais difícil!

    Acho que a turma de março vai ter um treco!
    abraços

    dea

    Comentário por Juba e Dea | julho 29, 2009 | Responder


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: