Nossa história… agora no Canadá

“Eu queria iniciar uma experiência e não apenas ser vítima de uma experiência não autorizada por mim, apenas acontecida. Daí minha invenção de um personagem. Também quero quebrar, além do enigma do personagem, o enigma das coisas.” Clarice Lispector

enquanto espero, paro e penso, e penso, e penso, e penso…

Quando você pensa que o negócio está ruim, hehehe, lembre-se que ele pode piorar, e muito.

No trabalho, diversas coisas andam acontecendo e muitas delas não me agradam nem um pouco. O que me resta é, ficar quietinha, esperando apenas o momento de dizer: FUI!

Quando olho para o futuro, vejo que não são mais que 6 meses que me separam de Québec, ou seja, pouco, porém quando me vejo no presente, cada dia está se tornando um martírio em meu trabalho.

Tentar abstrair e agradecer pelas coisas boas que acontecem, parece ser o mais sensato, porém todo o auto-controle, no dia-a-dia, vai pro brejo. Então preciso me concentrar e me disciplinar para pensar apenas em coisas boas.

Tenho sido uma esposa, mal-humorada, mal criada e reclamona, eu sei, então vamos que vamos para fazer com o que as pessoas ao meu redor tenham prazer de estarem ao meu lado.

O que eu tenho aprendido com tudo isso? Que a paciência, realmente, é a alma do negócio.

Anúncios

julho 26, 2009 - Posted by | ano do processo

3 Comentários »

  1. Oi Fabi,

    olha realmente esse processo mexe com os nervos. Eu tb estou bem decepcionada com a escola na qual estou trabalhando atualmente, e pra ser sincera, na volta da viagem para fazer a entrevista, se der certo, eu nem vou querer mais trabalhar não.
    Ganho pouco, as professoras tem que fazer trabalho de secretaria, sabe? Eu nem sei se vou ter turma suficiente que faça valer a pena sair de casa, gastar dinheiro de transporte para trabalhar e receber um salário mais ou menos.
    Eu também tenho dias em que estou insuportável. Nem eu me aguento.
    E preciso parar pra pensar, relaxar e ver se 'manero'…

    Vai com calma. Pense que já esteve mais longe. Se vc relaxar, o tempo vai passar voando.

    Boa sorte pra vc e fique tranquila. Aproveite as boas companhias e seja feliz!

    Bjos!

    Comentário por Bea | julho 27, 2009 | Responder

  2. Fabi,
    A espera é muito chata principalmente quando coisas ruins acontecem por aqui…mas tudo na vida tem um propósito e espero que 6 meses passem muito rápido pra que vc logo logo possa estar lá!
    bjkas

    Comentário por Chocólatra | julho 27, 2009 | Responder

  3. Fabi,

    Passei por tudo isso tb… é terrível vc saber que não adianta dar seu sangue no Brasil uma vez que seu coração já está no Canadá.
    Meu rendimento no trabalho caiu muito, minha concentração, meu humor. Meu marido nem me reconhecia…hahahahaha
    Nossa, foi a pior fase da minha vida, nunca tinha enfrentado algo parecido, mas não se preocupe, isso não dura pro resto da vida, tudo isso passa qdo os vistos chegam…
    O jeito é se concentrar para evitar ao máximo maltratar as outras pessoas que não têm culpa do processo ser demorado e angustiante…

    Boa sorte, estou na torcida…

    Bjos

    Rosi

    Comentário por Temperatura Máxima no Canadá | julho 28, 2009 | Responder


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: